Porto Carta do Presidente Danilo Serpa

1 de fevereiro de 2021 - 15:59 | # # #

 

2020 foi um dos anos de maior aprendizado para todos nós profissionais do Complexo do Pecém (CIPP S/A). No ano em que o terminal portuário do Pecém completou 18 anos de operação, a pandemia nos desafiou e continua nos desafiando, isso é fato. Mas esse novo cenário também testou a nossa capacidade de reinvenção enquanto profissionais de logística. Tivemos que nos reinventar e agir rapidamente. No dia 13 de março desse difícil ano, somente dois dias depois da OMS ter declarado estado de pandemia, já estávamos com nosso Comitê de Gestão de Crises em plena ação.

Reunimos representantes de áreas estratégicas da empresa para enfrentar o até então desconhecido Covid-19. O nosso desafio era: como seguir operando com segurança diante de algo extremamente novo para a humanidade? Nosso foco estava nos trabalhadores da área operacional, precisávamos centrar atenção neles naquele momento, até porque o Porto do Pecém e a ZPE Ceará não podiam parar.
Foi então que nos aproximamos ainda mais do Settaport, o Sindicato dos Empregados Terrestres em Transportes Aquaviários, Operadores Portuários e Entidades Afins do Estado do Ceará. Unimos esforços com o objetivo de garantir a integridade dos trabalhadores, indispensáveis para as nossas operações.

O abastecimento de alimentos, remédios e equipamentos médico-hospitalares para o Ceará e estados vizinhos dependia e depende diariamente do trabalho desses profissionais. E para que esses trabalhadores se sentissem seguros ao vir trabalhar foi necessário repensar nossa infraestrutura, construir novas soluções e nos comunicar mais e melhor com eles. Naquele momento passamos a reduzir o risco de desabastecimento.

Assim, mesmo em meio a uma pandemia, conseguimos conquistar alguns bons resultados nesse ano tão desafiador. Vejamos, por exemplo, a nossa movimentação acumulada (janeiro a novembro de 2020) de contêineres. Registramos a marca de 339.500 TEU´s (206.047 unidades), crescimento de 9% em relação ao resultado obtido no mesmo período de 2019.

A cabotagem respondeu por 296.339 TEU’s, crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado. No longo curso, o crescimento foi de 44%, de 29.978 TEU’s em 2019 para 43.161 TEU’s em 2020. Em toneladas, a movimentação de cargas conteinerizadas apresentou um crescimento de 4% no comparativo com o ano passado, totalizando 4.361.105 toneladas.
E foi um navio conteineiro que fez história no Pecém, ou melhor, fez história no Estado do Ceará. Em agosto desse ano recebemos o maior navio a já ter atracado num porto cearense, um gigante com 330 metros de comprimento. Essa atracação foi possível porque também conseguimos concluir as obras do nosso novo berço de atracação (berço 10).
Finalizamos ainda a nossa segunda ponte de acesso aos píeres (Ponte 2) e o nosso segundo portão de acesso (Gate 2) ao terminal. Todas essas obras fazem parte do conjunto de obras da segunda expansão do Porto do Pecém, que passa a ter a capacidade de movimentar até 28 milhões de toneladas de cargas por ano.

Estamos no caminho certo. Nesse último mês do ano ganhamos a sétima e nova linha regular de cabotagem do Pecém, operando entre o Ceará e o Espírito Santo para ampliar a movimentação de cargas entre o sudeste e o nordeste do Brasil. Agora, possuímos sete linhas de cabotagem e três linhas de longo curso. São, ao todo, 10 linhas conectando regularmente o Pecém com o Brasil e o mundo. Nossa localização faz e continuará fazendo a diferença. É como pontua o Governador Camilo Santana, nosso principal incentivador, o Pecém está na “esquina do Atlântico”. E foi também em dezembro de 2020 que o Porto do Pecém conquistou o 2º lugar na Categoria Especial: Combate ao Lixo no Mar no 8° Prêmio Melhores Práticas de Sustentabilidade, realizado bienalmente pelo Programa Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P, do Ministério do Meio Ambiente.

Acreditamos na sustentabilidade das nossas operações. Não à toa, passamos a conceder descontos para navios sustentáveis e nos tornamos o primeiro porto brasileiro reconhecido pela fundação holandesa Gree Award.
E quando falamos da Holanda, é preciso deixar registrado que no último mês de 2020 completamos dois anos de parceria com o Porto de Roterdã, o maior porto da Europa e um dos maiores do mundo. Uma alegria tê-los conosco nessa missão em busca do desenvolvimento.

O Pecém é pioneiro, mas é também estratégico. Nesse ano, nosso terminal portuário atingiu a marca de 10 milhões de placas de aço embarcadas para destinos no Brasil e no mundo. As placas foram produzidas na siderúrgica instalada na nossa ZPE Ceará, que nesse ano bateu as 50 milhões de toneladas de cargas movimentadas, desde o início de sua operação em 2016.
2020 foi também o ano em que a ZPE Ceará passou a fazer parte da WFZO – Organização Mundial das Zonas Francas. E o desempenho da única zona de processamento de exportação em operação hoje no Brasil, fez a ZPE Ceará vencer quatro categorias em premiação da fDi Magazine, publicação vinculada ao renomado periódico britânico Financial Times, que reconhece as melhores zonas francas do mundo.

É por isso que lançamos o Setor II da ZPE Ceará, uma ampliação dessa zona que está chegando ao fim desse ano com 60% das obras concluídas. Nossa preparação para 2021 já começou há alguns meses.

Mas antes que esse ano chegue ao fim, preciso ser grato ao Comitê de Gestão de Crises do Complexo do Pecém, mas acima de tudo preciso agradecer a todos os nossos trabalhadores portuários. Nessa pandemia eles mostraram, ou melhor, ainda estão mostrando o quanto são peça-chave no desenvolvimento econômico e social do Estado do Ceará.

Desejo aos nossos profissionais um Natal abençoado com todos os cuidados que a pandemia ainda nos exige, por favor não deixem de se proteger, não deixem de cuidar da saúde. Que tenhamos todos um 2021 saudável, próspero.

Boas Festas!

Danilo Serpa
Presidente do Complexo do Pecém (CIPP S/A)

FALE CONOSCO

Preencha o formulário abaixo,
será um prazer responder!

    ONDE ESTAMOS

    Rodovia CE- 155, Km 11.5, s/n - Esplanada do Pecém, São Gonçalo do Amarante - CE, 62674-000