Complexo do Pecém é certificado com o Selo A3P, do Ministério do Meio Ambiente

28 de abril de 2021 - 08:12 # # # # #

Como forma de reconhecimento por suas ações de fomento à sustentabilidade socioambiental, o Complexo do Pecém voltou a ser certificado com o Selo A3P, concedido pelo Ministério do Meio Ambiente, que ratificou a manutenção da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), em 2020, por parte do Porto do Pecém e da ZPE Ceará. Trata-se de uma iniciativa voluntária, que tem como objetivo a adoção de novos padrões de produção e consumo, poupando matéria-prima e reutilizando insumos, prezando sempre pela sustentabilidade.

O selo A3P é concedido anualmente pelo Ministério do Meio Ambiente às empresas que aderem e implantam o programa, atendendo a todos os eixos temáticos propostos, assim demonstrando a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública e, em consequência, consegue reduzir seus gastos. Esses eixos são: uso dos recursos naturais; qualidade de vida no ambiente de trabalho; sensibilização dos servidores para a sustentabilidade; compras sustentáveis; construções sustentáveis; e gestão de resíduos sólidos.

“Esse é o segundo ano seguido que conquistamos o Selo A3P, já que a primeira vez foi em março de 2020. Nesse último ano, mesmo em meio a pandemia, trabalhamos muito nas campanhas de conscientização, no acompanhamento de boas práticas de sustentabilidade, inclusive no uso racional dos recursos naturais. Esse selo de monitoramento do Ministério reconhece as nossas ações e nos incentiva a seguir convivendo em harmonia com o meio ambiente”, diz Ieda Passos, gerente de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho do Porto do Pecém.

Segundo o gerente de meio ambiente e segurança do trabalho da ZPE Ceará, Ademar Filho, a ZPE cearense está inscrita na A3P desde 2018 e, anualmente, envia ao Ministério do Meio Ambiente o seu plano de logística sustentável, como forma de mostrar a preocupação da empresa em obter a eficiência na atividade pública, atendendo aos eixos temáticos previstos pelo programa. “Ao realizar essas ações, também conseguimos reduzir nossos gastos”, complementa.

AÇÕES NA ZPE CEARÁ

Em 2020, a ZPE Ceará realizou diversas ações de preservação e cuidados com o meio ambiente, dentre as quais se destaca a implantação de um sistema de reuso, montado junto à estação de tratamento de água da empresa, que foi responsável pela economia de quase 140 mil litros. Em decorrência disso, a única Zona de Processamento de Exportação atualmente em operação no Brasil conseguiu fechar o ano com uma redução de 16% no seu consumo de água.

“Além disso, fazemos todos os anos, junto aos nossos colaboradores, campanhas de conscientização para a redução do consumo de materiais, como copos plásticos e papel A4. Em 2020, também consolidamos nosso planejamento de eficiência energética, com uma economia de 12% no nosso consumo de energia, que já vem decrescendo desde 2018”, diz Ademar Filho.