ZPE Ceará é apresentada em detalhes para profissionais da Prefeitura de Caucaia

7 de julho de 2021 - 08:45

A gerente de operações da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Ceará, Karina Bzyl, e o analista ambiental da empresa, Yuri Vasconcelos, apresentaram a colaboradores do município de Caucaia, na última sexta-feira (2), todos os detalhes de infraestrutura e operação da free zone cearense.

Durante evento realizado pela Secretaria de Planejamento Urbano e Ambiental (Seplam) de Caucaia, em parceria com o Instituto de Meio Ambiente de Caucaia (Imac), os representantes da ZPE Ceará explicaram o funcionamento do Setor I, que tem três empresas instaladas, e também falaram sobre a gestão ambiental da empresa, assim como as obras do Setor II, que entraram em sua retal final. Ao todo, cerca de 70 colaboradores do município participaram do evento.

“É importante apresentar a parte institucional e operacional da empresa para difundir o projeto da ZPE, principalmente agora que ela vai abranger o município de Caucaia e, consequentemente, fomentar a economia da região com a chegada de novas empresas para a nossa expansão, o Setor II”, diz Karina Bzyl.

A nova área da ZPE Ceará conta com um total de 137 hectares e será dividida em quatro módulos, com foco na atração de empresas de pequeno e médio porte. O funcionamento seguirá os mesmos moldes operacionais do Setor I.

EXEMPLO DE TRABALHO 

Para Diego Pinheiro, secretário de Planejamento Urbano e Ambiental de Caucaia, a ZPE Ceará é um exemplo de trabalho executado de maneira eficaz e funcional. “A explanação foi exemplar, pois esclarecemos muitas dúvidas sobre a parte aduaneira e, também, sobre a divisão territorial da ZPE”, destaca.

A presidente do Imac, Leilane Barros, reforça que o Setor II já é uma realidade e que entender o funcionamento do mesmo é essencial para os trabalhos do Instituto. “Conhecer a ZPE é indispensável, pois ela será foco de trabalho tanto do Imac, como da Seplam. Esperamos estabelecer uma parceria e, assim, realizar uma gestão efetiva”, complementa.

O analista ambiental da ZPE Ceará, Yuri Vasconcelos, reforça que é preciso estreitar laços, principalmente com os órgãos anuentes, para que o trabalho da empresa seja ainda mais eficiente. “Eles participam da construção, viabilizam o funcionamento da ZPE e são, também, responsáveis pelos resultados que estamos alcançando nos últimos anos”, finaliza.